Bispos

Sobre

Bispo de Cajazeiras (PB); Capina Grande (PB); 5º Arcebispo de Natal (RN)

(*Santana do Matos-RN, 14 de abril de 1936)
Dom Matias Patrício de Macêdo nasceu no dia 14 de abril de 1936, na cidade de Santana do Matos/RN. Ainda c mudou-se para com sua família para a cidade de Angicos/RN, onde o Vigário era Dom Manuel Tavares, seu primeiro educador na fé da Igreja. Estudou no Seminário de São Pedro e no Seminário da Prainha (Fortaleza). Foi ordenado sacerdote pela imposição das mãos de Dom Eugênio de Araújo Sales, no dia 14 de julho de 1963, na Catedral de Natal. Em dezembro de 1963 foi nomeado Vigário Cooperador de Ceará-Mirim, de onde saiu meses depois para, em 10 de julho de 1964, assumir a Paróquia de Canguaretama e Pedro Velho. Em 1968 foi transferido para Nova Cruz, onde permaneceu por 22 anos.

Foi eleito bispo para Diocese de Cajazeiras, na Paraíba, no dia 12 de julho de 1990, sendo ordenado por Dom Alair Vilar, em Nova Cruz-RN. No ano de 2000, foi nomeado Bispo Coadjutor da Diocese de Campina Grande-PB. No ano seguinte, foi eleito Bispo Titular da Diocese de Campina Grande-PB. Em 26 de novembro de 2003, foi elevado a Arcebispo, eleito para a Arquidiocese de Natal. Sua posse ocorreu na Catedral Metropolitana de Natal, em 25 de janeiro de 2004. Ao completar 75 anos, em 2011, Dom Matias pediu renúncia ao Papa Bento XVI, que em 21 de dezembro daquele ano, aceitou o pedido e o nomeou como Administrador Apostólico até a chegada de seu sucessor, Dom Jaime Vieira Rocha. Fato curioso é que ao ordenar, em 12 de dezembro de 2011, cinco novos padres, Dom Matias se tornou o bispo que mais ordenou sacerdotes na Arquidiocese de Natal: 58, ao todo.

Lema episcopal: “Ut vitam habeant” (Que todos tenham vida)
Fonte: arquidiocesedenatal.org.br
 

9º Bispo – Dom Matias Patrício de Macedo

9º Bispo – Dom Matias Patrício de Macedo

Em 1990

Desenvolvido por Mix Internet